sábado, 28 de fevereiro de 2015

Splinter Cell Pandora Tomorrow

Splinter Cell Pandora Tomorrow


Descrição

"Ghost Recon", "Rogue Spear", "Rainbow Six"... a lista de jogos de ação e espionagem baseados na obra do escritor Tom Clancy enche uma página e foi justamente quando se pensava que nada de novo poderia aparecer que "Tom Clancy's Splinter Cell" conquistou os videogames. 

Produzido pela respeita equipe canadense da Ubi Soft, o jogo fez de Sam Fisher, um soldado quieto que deve se infiltrar em diversas instalações militares, um astro dos videogames. Agora o espião volta para uma segunda leva de adrenalina, batizada de "Pandora Tomorrow". 

As novidades de "Splinter Cell: Pandora Tomorrow" não serão poucas. Sam Fisher terá um novo arsenal para ajudá-lo em suas missões. A mira-laser, por exemplo, promete disparos a longa distância mais precisos. Seguindo uma idéia de "Metal gear" o controle será indicador de perigo. Pela vibração, Sam poderá saber se está ou não prestes a pisar em uma mina. 

O espião parece ter passado mais um tempo na academia de espionagem, pois volta cheio de novos truques: se dependurar de cabeça para baixo, saltar com ajuda de objetos e rolar no chão são só alguns dos 10 nos movimentos que prometem dar mais ação a parte jogável. 

E por falar em parte jogável, a Ubi Soft ouviu as críticas e mudou a estrutura das fases. Agora Sam não terá de seguir um caminho único e poderá optar entre percursos diferentes para realizar suas missões. Cada caminho traz desafios únicos, o que promete aumentar a vida útil do jogo. 

De acordo com os produtores, a inteligência artificial (AI) de "Splinter Cell: Pandora Tomorrow" será inovadora. Os objetivos das fases serão proporcionais às habilidades do jogador. Sam Fischer terá marcação cerrada nas mãos de veteranos. Mas se o jogador não estiver apto ao desafio, após um número determinado de tentativas, a AI entrará em ação facilitando a vida do aprendiz de espião. 

Fechando o pacote, "Pandora Tomorrow" dará mais ênfase ao multiplayer e contará com uma abordagem mais cinematográfica. Numa das novas fases, por exemplo, Sam terá de se esgueirar em baixo de um trem em movimento. 

Michael Ironside, o mesmo dos filmes "Top Gun" e "Scanners", mais uma vez fará a voz de Sam Fischer. Ironside também dublou o militar Mason do jogo "Run Like Hell". 

Como o anterior, "Splinter Cell: Pandora Tomorrow" terá versões para todos os videogames da nova geração.

Gamevicio.


Requsitos Mínimos

Processador: Pentium IV 1 GHz ou Athlon equivalente

Velocidade do Processador: 1 GHz
Memória RAM: 128 MB
Memoria de Vídeo: 64 MB
Direct3D: Sim
Versão do DirectX: 8.0
Sistemas Operacionais: Windows 98, Windows 2000, Windows ME, Windows XP
Espaço: 3 GB livres em disco

Requisitos Recomendados

Processador: Pentium IV 1.8 GHz ou Athlon equivalente

Velocidade do processador: 1.8 GHz
Memória RAM: 512 MB
Direct3D: Sim
Versão do DirectX: 8.0
Espaço: 3 GB livres em disco
Outros: Não suporta Geforce 4 MX

Link: Clique Aqui


Screenshots:



Nenhum comentário:

Postar um comentário